Quarta-feira, 03/03/2021

Gerais

Conselho de Proteção Animal de Igarapé denuncia mulher por maus-tratos

Moradora do bairro Canarinho irá responder pelo crime de maus-tratos a animais. Pena pode chegar a cinco anos de reclusão. Foto: CMPDA

O Conselho Municipal de Proteção e Defesa dos Animais de Igarapé (CMPDA) denunciou à Polícia Civil uma mulher por crime de maus-tratos. A suspeita, que mora no bairro Canarinho, mantinha quatro cachorros há pelo menos quatro meses sem alimentação diária.

Segundo informações do CMPDA, os animais viviam em meio a muitas fezes e estavam extremamente magros. Um filhote de aproximadamente cinco meses não suportou e morreu.

Os cachorros apreendidos estão sob a responsabilidade do conselho e foram levados para uma clínica veterinária. Todos estão passando por exames e, em breve, serão liberados para o processo de adoção responsável. 

A denuncia, relatada na última semana, está sendo conduzida pela PC. A mulher irá responder pelo crime de maus-tratos a animais. Segundo a Lei 1.095/2019, crime de maus-tratos implica em reclusão de dois a cinco anos, além de proibição de guarda.

Deixe um comentário

RUA MIGUEL HENRIQUES DA SILVA, Nº4, CENTRO, IGARAPÉ-MG


CONTATO: (31) 9 9858-1002

%d blogueiros gostam disto: