Com falta de peças, Fiat anuncia férias coletivas por 10 dias

0
81
1.900 funcionários ficarão em casa.

Nesta quarta-feira (14), a Fiat informou que irá interromper, por 10 dias, o segundo turno de produção em Betim. A partir de segunda (19), 1.900 funcionários entrarão em férias coletivas.

Segundo a montadora, o motivo é a falta de peças. O objetivo da paralisação é adaptar o ritmo de produção às condições atuais de volume e regularidade de fornecimento de componentes. A Fiat afirmou, ainda, que continua em contato e em negociação com seus fornecedores para normalizar os fluxos de suprimentos.