Defesa Civil alerta para importância do cadastro para receber alertas no celular

0
454
Avisos de chuvas, enchentes e até ondas de calor são enviados para qualquer aparelho via SMS; saiba como os alertas chegam ao seu telefone. Foto: Defesa Civil / Divulgação

Gratuito, enviado diretamente para o celular e sem necessidade de internet, o sistema de alertas da Defesa Civil é uma ferramenta eficaz para informar a população sobre mudanças repentinas do tempo, seja em uma onda de calor, como a registrada em Minas Gerais e outras partes do país na última semana, ou riscos de enchentes e alagamentos no período chuvoso.

Para começar a receber os avisos, basta enviar uma mensagem de texto (SMS) com o CEP do local desejado para o número 40199. É uma ação simples que pode fazer toda a diferença na segurança e preparo da população diante de eventos climáticos adversos.

No estado, 1,2 milhão de pessoas já estão cadastradas no serviço e recebem os alertas, porém a cobertura pode ser ainda maior. Pensando nisso, o Governo de Minas, por meio da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec), está à frente da campanha Cadastre Aí, que tem como objetivo incentivar os mineiros a se inscreverem no sistema.

Os alertas da Defesa Civil abrangem todo tipo de situação, desde ondas de calor intensas até períodos chuvosos. Enquanto focamos na atual onda de calor, é crucial lembrar que sua importância se estende a todas as condições climáticas, sempre buscando garantir a segurança e a preparação para qualquer adversidade”, reforça a tenente Nathalia de Freitas Monteiro, assessora de Comunicação do Gabinete Militar do Governador e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil.

Como os alertas chegam ao seu celular

O tenente Douglas Constantino Fernandes, diretor de Respostas a Desastres da Cedec, explica que o monitoramento junto à equipe do plantão da Defesa Civil, que trabalha 24 horas por dia para garantir que todos os alertas cheguem no tempo certo à população de determinada cidade.

Trata-se de um trabalho em conjunto, em que a Defesa Civil estabelece uma parceria com os órgãos responsáveis por realizarem o monitoramento meteorológico, como Sistema de Meteorologia e Recursos Hídricos de Minas Gerais/Instituto Mineiro de Gestão das Águas (Simge/Igam) e Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).