Minas Gerais amplia público para vacina covid-19 bivalente

0
179

Conforme orientação do Ministério da Saúde (MS), a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) ampliou, nesta terca-feira (25/4), a recomendação da vacina covid-19 bivalente como dose de reforço. “Isso significa que poderão receber a referida dose todas as pessoas com 18 anos de idade ou mais que tenham se vacinado com pelo menos duas doses do imunizante monovalente como esquema primário ou que tenham recebido previamente qualquer vacina covid-19 monovalente como dose de reforço”, explica o secretário de Estado de Saúde, o médico Fábio Baccheretti.

O secretário detalha que, além do critério etário e do número de doses recebidas, também é preciso atentar para o tempo de intervalo desde a última dose. “O tempo mínimo recomendado para o reforço com a bivalente é de quatro meses a partir da última dose de qualquer reforço monovalente ou última dose do esquema primário”, diz.

Baccheretti destaca, ainda, a importância da administração da vacina bivalente, eficaz contra novas cepas do coronavírus, agente causador da covid-19. “Importante dizer que a covid ainda existe e está circulando muito, especialmente agora no período sazonal. E esta dose aumenta em muito a eficácia do sistema imunológico, sobretudo para óbitos e internações”, afirma o secretário.

Doses disponíveis

A Secretaria de Saúde de Minas Gerais recebeu até 24/4 o total de 2.876.160 unidades da vacina covid bivalente do Ministério da Saúde (MS), das quais 2.835.204 já foram distribuídas aos municípios mineiros.

Até 25/4, foram aplicadas, em Minas Gerais, 1.147.196 doses de reforço com a vacina covid bivalente, o que indica uma baixa cobertura no grupo de pessoas com 60 anos ou mais, público até então contemplado.

Para a população de 80 anos ou mais, a cobertura ainda está em 15,9%, para as pessoas de 70 a 79 anos, 32,2% e para o grupo de 60 a 69 anos, 36,7%.

Dessa forma, atendendo à recomendação de não deixar doses paradas, no caso de cidades que ainda tenham vacina bivalente disponíveis, a SES-MG destaca que a autorização para imunizar esse novo público já está valendo.

“Orienta-se, entretanto, checar diretamente junto ao município de interesse como se dará o planejamento de vacinação das pessoas com 18 anos ou mais, visto que cada cidade realiza a gestão do seu estoque de vacinas”, explica Fábio Baccheretti.

Novas remessas

Quanto à chegada de novas remessas do imunizante covid bivalente, a SES-MG informa que recebeu nesta terça-feira o quantitativo de 199.998 doses por parte do Ministério da Saúde.

As doses estão sendo conferidas e acondicionadas na Central Estadual de Rede de Frio. A distribuição para as Unidades Regionais de Saúde será realizada de acordo com a demanda dos municípios e a disponibilidade de doses por parte do órgão federal. A SES-MG aguarda nova previsão de envio do MS, órgão que realiza a aquisição das doses.

“Tão logo Minas Gerais receba um novo quantitativo de doses, o mesmo será repassado às Regionais de Saúde para distribuição aos municípios, conforme os critérios do Programa Nacional de Imunizações (PNI)”, afirma o secretário de Estado de Saúde.