Cuca deixa o comando técnico do Atlético; saiba quem pode substitui-lo

Cuca comunicou para a direção do Atlético-MG que não vai permanecer no clube em 2022

0
212
Cuca comunicou para a direção do Atlético-MG que não vai permanecer no clube em 2022 — Foto: Pedro Souza/ Atlético-MG
Cuca comunicou para a direção do Atlético-MG que não vai permanecer no clube em 2022 — Foto: Pedro Souza/ Atlético-MG

Após dominar o futebol brasileiro em 2021, o Atlético-MG não deve contar com o técnico Cuca para 2022. A decisão foi comunicada pelo treinador aos dirigentes do Galo nessa segunda-feira (27).

Os motivos apresentados por Cuca são problemas familiares. O treinador quer se dedicar aos cuidados da família, e se comprometeu com a diretoria do Atlético-MG que não trabalhará em nenhuma outra equipe na próxima temporada.

Nesta passagem pelo Atlético-MG, Cuca acumulou um aproveitamento de 74,17% em 71 jogos realizados, acumulando 48 vitórias, 14 empates e apenas 9 derrotas. Neste período, o treinador faturou os três títulos citados acima e ainda foi semifinalista da Libertadores.

Quem pode substituir-lo

A ideia da diretoria alvinegra é mapear opções para não ficar refém de um único nome. E essas opções serão brasileiras e estrangeiras.

O português Jorge Jesus, de saída do Benfica, desponta como o favorito para a vaga. O lusitano despertou interesse mineiro ainda em 2019, quando chegou a assistir uma partida do Galo em Belo Horizonte, mas acabou fechando com o Flamengo.

Nomes como de Renato Gaúcho e Mano Menezes também foram ventilados como possíveis candidatos a vaga deixada por Cuca.