quarta-feira, setembro 22, 2021
InícioDestaquesTJMG impede greve de professores de Betim; servidores podem ser multados em...

TJMG impede greve de professores de Betim; servidores podem ser multados em R$ 50 mil

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) determinou a suspensão imediata da greve dos trabalhadores da rede municipal de Educação em Betim. O pedido foi da própria prefeitura do município, que entrou com uma solicitação ordinária pedindo o retorno dos trabalhadores.

A paralisação foi convocada pelo Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG), que ainda não se manifestou sobre a determinação judicial.

Por definição da desembargadora responsável pelo caso, Teresa Cristina da Cunha Peixoto, os servidores devem retornar imediatamente aos trabalhos. O servidor que se recusar sofrerá a pena de multa diária de R$ 50 mil, limitada ao montante de R$ 1 milhão.

Segundo a desembargadora, os alunos estão desde março de 2020 sem aulas presenciais. Algumas famílias, inclusive, não têm recursos para que os estudantes tenham acesso ao ensino a distância.

Além disso, Teresa Cristina ressaltou que Betim já está na Onda Verde do programa estadual Minas Consciente. O total de 328 professores foram imunizados com a Janssen, de dose única, e 4.366 receberam a AstraZeneca, com a segunda dose prevista para setembro.

Artigos Relacionados
Publicidade

Mais Recentes

error: Conteúdo protegido contra plágio!