Após casos de suicídios, penitenciária de São Joaquim de Bicas agora é exclusiva para LGBTQIA+

0
840
Unidade prisional é a primeira do país exclusiva para gays, lésbicas, travestis e transexuais.

A Penitenciária Professor Jason Soares Albergaria, em São Joaquim de Bicas, tornou-se a primeira unidade prisional no Brasil para custódia exclusiva de presos autodeclarados gays, lésbicas, travestis e transexuais – LGBTQIA+.

Após a mudança, em 16 de junho, a Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) transferiu o público masculino, cisgênero e heterossexual para outras prisões da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Casos de suicídios

A Defensoria Pública de Minas Gerais (DPMG) cobra do Estado de Minas um posicionamento sobre suicídios que aconteceram na ala LGBTQIA+ do presídio. O Governo confirmou quatro mortes, e diz aguardar relatórios de perícias para tomar as medidas administrativas necessárias.