Morador de Igarapé desaparece após excursão para Cabo Frio

0
886
Briga com funcionários de quiosque teria motivado o desaparecimento. Foto: Arquivo pessoal

Desde a última semana de maio uma família aguarda notícias de Bruno Antônio Lourenço, de 31 anos, que saiu de Igarapé em excursão para Cabo Frio, no Rio de Janeiro. Segundo informações de familiares, ele desapareceu após se desentender com funcionários de um quiosque, devido a uma dívida de R$200.

De acordo com o relato de pessoas que o acompanharam na viagem, ele conheceu um casal na praia, e depois de passarem o dia juntos em um quiosque essas duas pessoas teriam furtado o celular dele e ido embora deixando a conta de R$200 para Bruno pagar sozinho.

De acordo com informações da irmã de Bruno, ele não tinha dinheiro para pagar os gastos e foi procurado pelos trabalhadores do quiosque na pousada onde estava hospedado. Ele decidiu fugir, mas os homens ainda o agrediram. Depois disso, os responsáveis pela excursão o deixaram para trás.

A irmã e o pai do auxiliar de serviços gerais registraram uma ocorrência na polícia e foram para Cabo Frio tentar encontrá-lo. Ele não foi localizado em hospital ou abrigo. E nenhuma pista foi identificada. A Polícia Civil do Rio de Janeiro investiga o caso.

Informações Portal R7*