Domingo, 29/03/2020

Gerais

Vereadora critica atuação de policiais de Igarapé: “eles acham que são Deus”

Vídeo de vereadora repercute nas redes sociais e PMMG considera falta de respeito.

Em reunião ocorrida na última segunda-feira (10), na Câmara Municipal de Igarapé, a vereadora Daniela Katherine (PMB) criticou a postura dos policiais militares que atuam em Igarapé. Segundo a vereadora, policiais se comportam como se fossem “Deus”. A parlamentar destacou, ainda, que seu familiar foi duramente abordado pela PM sem nenhum motivo que justificasse.

Para Daniela, os militares não conhecem os cidadãos da cidade e, por isso, não sabem a forma de abordar as pessoas. “Quando o tenente Sander chagou aqui, ele chegou com o intuito de aproximar o cidadão do bem à polícia. E eu acho que uns policiais que entraram aqui, eles acham que são Deus, Jesus… não sei o que eles pensam que eles são. Porque a cidade de Igarapé é uma cidade acolhedora, é uma cidade familiar, é uma cidade que está sempre tentando fazer o bem ao outro e eles vêm achando que são o dono de Igarapé, sendo que nem daqui eles são”, destacou Katherine.

Leia também: Policiais que trabalharam no caso de PMs torturados em Igarapé recebem homenagem na Câmara Municipal

A vereadora, que estava visivelmente nervosa durante a reunião, disse que preferiu conversar diretamente com o comandante Itabirano sobre a sua insatisfação: “eu gosto de conversar com o dono dos porcos”, ressaltou durante a reunião. Segundo ela, o seu padrasto havia saído de um depósito de construção com um cano que seria levado pelo pedreiro na traseira da caminhonete. Vendo esta cena, de imediato os policiais apontaram um fuzil e mandaram que parassem o carro. Além do caso envolvendo o seu padrasto, a parlamentar citou outras duas situações de desrespeito ocorridas na cidade, mas que os envolvidos preferiram não se manifestar para evitar a exposição.

O que a polícia fala sobre o assunto

Procurado para falar sobre o ocorrido, o comandante do 1° Pelotão da Polícia Militar de Igarapé, tenente Sander Alves Ramos, ressaltou que de imediato procurou saber como foi a abordagem citada pela vereadora. Ele disse que o tenente envolvido com a ocorrência é extremamente correto e zeloso pelo cumprimento do estatuto da PM. “Eu duvido, em qualquer momento, que ele tenha feito algo que contraria as normas da Polícia Militar”.

De acordo com o tenente Sander, quando foi solicitado ao padrasto da vereadora que parasse o veículo, ele continuou conduzindo mesmo assim. O comandante esclareceu, ainda, que a placa do veículo estava ilegível e a CNH vencida há um ano. Sander explicou que as providências tomadas foram corretas, compreendendo a remoção de veículo e o desembarque do passageiro que estava irregular, além das multas registradas. “Ele foi tratado com educação e dentro das normas que a Polícia Militar preconiza. Procurando trazer sempre segurança para o abordado e para o policial que está fazendo a abordagem”.

A frase dita por Daniela, “eu gosto de conversar com o dono dos porcos”, repercute nas redes sociais, gerando a insatisfação de toda a corporação, que reclama sobre a falta de respeito com a Polícia de Minas Gerais. O vídeo com a fala da vereadora percorre batalhões de outras cidades, criando a impopularidade da representante do legislativo municipal entre policiais de toda a região.  

Sander destaca que nem ele e nem o coronel Itabirano são donos de chiqueiro. Trabalhamos com pessoas íntegras, trabalhadoras, honestas e que, acima de tudo, respeitam o cidadão”.

Assista ao vídeo:

12 Comments

  1. Cosme nascimento dos santos

    Minha amiga vou muito desleal com a nossa Polícia Militar em Igarapé , sabedor da situação fico triste por vir tal desabafo de uma representante do Povo posso até dizer que tal atitude ínsita a própria população a ir contra os trabalhos dos Policias tendo como Comante a pessoa mais diguina festa corporação Tte Coronel Itabirano e seu subordinados.

  2. Cosme nascimento dos santos

    Minha amiga vou muito desleal com a nossa Polícia Militar em Igarapé , sabedor da situação fico triste por vir tal desabafo de uma representante do Povo posso até dizer que tal atitude ínsita a própria população a ir contra os trabalhos dos Policias tendo como Comante a pessoa mais diguina festa corporação Tte
    Coronell Itabirano e seu subordinados. Este comentário não havia feito não.

  3. Janilson

    Esta vereadora é daquelas que teve necessidades quando criança que se viu apenas na condições de disputar um cargo na rede Municipal, só que a instituição Municipal conforme estatal e Federal possuí gente boa íntegra e educada, porém ela não pertence a classe ela briga pelo espaço dentro do chiqueiro de onde ela não deveria sair, e ela tem que entender que o tempo dela fora do chiqueiro é so quatro anos e depois ela será pior que vai virar um verme , ou inseto, acho que porcos são os que vivem juntos dela. Como a pmmg é solidaria e escuta todos que a procura, parabenizo nossos policiais, funcionarios estaduais e não essa coisa druxula que representa alguns dos seus eleitores , que do mesmo jeito que ela foi exigir contra os policiais que o prefeito se faz digno de orienta la e que vereador só tem mome quando se abre uma rua e essa leva o nome deles , e mesmo assim depois que morrem. Fica aí dica para esta mau informada.

  4. Adriana Adriana

    Lamentável uma representante do legislativo, se referir a militares como “porcos”. É repensar o voto! Fica a dica.

  5. Triste comentário e como ela disse, defendendo um caso particular, onde o padastro dela esta errado. Aqui em Igarapé o povo tem a mania de comprar tudo e carregar no carro, feito cidade sem lei, quer economizar um frete e carrega tudo pendurado nos carros de passeio.

    Ah, nos poupe vereadora, cuide mais das coisas do povo de fato!

  6. Paulo

    Temos que deixar os militares e civis exercer o seu trabalho se uma pessoa só porque exerce uma função no executivo acha que o servidor da segurança tem que fazer vista grossa só porque e parente de parlamentar.

  7. Paulo roda

    Temos que deixar os militares e civis exercer o seu trabalho se uma pessoa só porque exerce uma função no executivo acha que o servidor da segurança tem que fazer vista grossa só porque e parente de parlamentar.

  8. Carlos Ferreira

    Gente é só uma vereadora de uma cidade pequena. Ela não representa ninguém. Ela não sabe o que está falando. É uma coitada . Pensa até que é uma autoridade.

  9. É só uma fala de uma vereadora que não representa ninguém. A polícia militar representa toda a sociedade brasileira. É uma instituição bicentenário presente em todo os municípios mineiros. Vereadora é só um período. Essa vereadora é insignificante.

  10. É só uma fala de uma vereadora que não representa ninguém. A polícia militar representa toda a sociedade brasileira. É uma instituição bicentenário presente em todo os municípios mineiros. Vereadora é só um período. Essa vereadora é insignificante.

  11. É só uma fala de uma vereadora que não representa ninguém. A polícia militar representa toda a sociedade brasileira. É uma instituição bicentenário presente em todo os municípios mineiros. Vereadora é só um período. Essa vereadora é insignificante.

  12. Oneilon b r Oliveira

    Em breve ocorrerá novas eleições senhores. Estou indignado com o que vi. “É importante repensar o voto!”

Deixe um comentário

RUA MIGUEL HENRIQUES DA SILVA, Nº4, CENTRO, IGARAPÉ-MG


CONTATO: (31) 9 9858-1002