Esporte e Cultura de Igarapé se destacam e garantem mais recursos

0
154
Destaque na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Em 2020, Igarapé estará entre as 324 cidades habilitadas pela Secretaria de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult-MG) para receber ICMS do Turismo. Para pleitear os recursos disponibilizados pelo ICMS do Turismo, é preciso atender uma série de requisitos específicos. Na análise feita pela Secult, a cidade obteve pontuação máxima em todos os critérios.

Também é necessário ter o Plano Municipal de Turismo aprovado pela Secult e provar que o Conselho Municipal de Turismo encontra-se operante; relacionar espaços turísticos da cidade, como rede hoteleira, parques e outros; relacionar atividades e investimentos na área do turismo, a exemplo do Festival Gastronômico Igarapé Sabor e o Encontro de Folia de Reis.

Patrimônio e Esporte

Igarapé conquistou pontuação histórica no ICMS Esportivo. Os projetos da área ofertados pela prefeitura, no Ceci, foram os principais responsáveis pela conquista que assegura mais recursos para investimentos em 2020.

Com relação ao ICMS Patrimônio Cultural, em apenas um ano, o município saltou de 8,35 para 15,95 na captação dessa modalidade de ICMS. Assim, em 2019, a cidade recebeu mais recursos para investir na gestão, proteção e promoção da cultura local. A pontuação de Igarapé  foi  a maior entre todos os municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte (RMBH).