Motoristas reclamam da Igaratrans, mas continuam cometendo infrações

0
201

Em outubro de 2018, a Prefeitura de Igarapé municipalizou o Departamento de Trânsito e Transportes – Igaratrans, que desde então passou a exercer todas as funções da polícia de trânsito, inclusive a aplicação de multas. A atuação do órgão tem gerado discussões e muitas críticas entre os moradores da cidade.

A curiosidade é que os motoristas, que constantemente reivindicam as ações do órgão, apresentam reincidência nas infrações de trânsito. Os motoristas de Igarapé, mesmo após serem multados, continuam a não respeitar as leis de trânsito. “Na avaliação do órgão, a maioria dos condutores continuam cometendo infrações mesmo após ser multada. Prova disso, a reincidência das infrações”, disse a Igaratrans por meio de nota.

Em média, 200 motoristas são multados mensalmente, incluindo autuações aplicadas tanto pelo Igaratrans, quanto pela Polícia Militar de Minas Gerais. Independente do órgão que aplica a multa, a notificação chega ao condutor em nome da prefeitura.  Segundo o Igaratrans, a principal irregularidade cometida pelos condutores continua sendo o estacionamento proibido, apesar das placas regulamentadoras e das campanhas de conscientização.