Sábado, 28/03/2020

Gerais

Sindicato convoca professores estaduais a entrarem em greve até receberem salário

De acordo com o Governo do Estado de Minas Gerais, o pagamento está previsto para a próxima sexta-feira

Em resposta ao escalonamento salarial promovido pelo governo e constante atraso nos pagamentos, o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação (Sind-UTE) convocou, novamente, os servidores da educação estadual de Minas Gerais a iniciar uma paralisação.

Os profissionais dizem que só retornarão às atividades após receberem o pagamento da primeira parcela do salário, marcado para sexta-feira (13/07). “Não pagou, não haverá retorno dos profissionais da educação ao trabalho”, ressaltou o sindicato. A Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF-MG) prevê que o prazo de depósito da primeira parcela seja cumprido.

Em junho, as atividades nas escolas estaduais ficaram paralisadas por 17 dias e os professores só retornaram após o governo depositar o salário, conforme noticiado pelo Estado de Minas. Segundo o sindicato, “o descumprimento contínuo do pagamento dos salários está ocasionando graves prejuízos aos servidores”.

As outras duas parcelas estão previstas para 25 e 31 de julho, segundo a escala de pagamentos divulgada na última sexta-feira pela Secretaria de Estado de Fazenda de Minas Gerais (SEF-MG).

Deixe um comentário

RUA MIGUEL HENRIQUES DA SILVA, Nº4, CENTRO, IGARAPÉ-MG


CONTATO: (31) 9 9858-1002