Betim apresenta nova queda no índice de crimes violentos

0
466
Foto: Secom Betim

Um estudo realizado no fim de outubro pelo Observatório da Segurança Pública da Prefeitura de Betim, baseado em dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), indica que o município registrou nova queda no índice de crimes violentos registrados na cidade. Segundo o balanço, que considera o período de janeiro a setembro deste ano em comparação com o mesmo período de 2016, Betim registrou a redução de 87,2% desse tipo de delito, que abrange tentativas e atos consumados de homicídio, estupro, roubo, dentre outros.

De acordo com o levantamento, Betim contabilizou, de janeiro a setembro de 2016, 5.959 crimes violentos. Já no mesmo período deste ano, a cidade registrou 762 delitos. Com relação ao mesmo período em 2022, a redução foi de 26,7%, quando foram registrados 1.039 crimes.

Dentre os índices avaliados, chama a atenção a queda de casos de estupros consumados. De janeiro a setembro deste ano, Betim registrou 15 atos, o menor índice desde 2012. Em relação ao mesmo período de 2016, o município registrou queda de 57,1%. A redução foi de 6,2% se comparado ao mesmo período de 2022 e de 42,3% se comparado ao mesmo período de 2021.

O índice de tentativa de homicídios apresentou redução de 74% em comparação com o mesmo período de 2016, ano em que o município registrou 140 ocorrências. Até setembro deste ano, o município contabilizou 39 ocorrências.

O secretário adjunto de Segurança Pública, Júlio Cezar Rachel de Paula, atribui a redução da criminalidade à integração das forças de segurança no município.
“A realização das reuniões bimestrais pelo Conselho Municipal de Segurança Pública de Betim (Comseb), que reúne a prefeitura, as polícias Civil e Militar, o Estado e a sociedade civil contribui com a identificação de possíveis problemas, além da busca por alternativas e elaboração de estratégias para o reforço da segurança no município”, ressalta.

O gestor da pasta também enfatiza a atuação ostensiva da Guarda Municipal de Betim e o investimento da atual gestão na estrutura da corporação. Dentre as benfeitorias, o secretário adjunto destaca o aumento no quadro de efetivos da corporação; a instalação da base de operações exclusiva para o Grupamento de Trânsito da Guarda Municipal no Terminal Rodoviário de Betim e o recebimento de novos equipamentos, como armas de eletrochoques (não-letais) para reforçar o trabalho dos agentes.

Ranking  

No comparativo com 2016, o Estado de Minas Gerais reduziu, até setembro deste ano, 79,9% da criminalidade violenta, índice que ficou abaixo do percentual registrado por Betim. O levantamento aponta ainda que o município também apresenta redução da criminalidade violenta mais ostensiva que a capital Belo Horizonte, que ocupa o sétimo lugar no ranking. De acordo com o balanço, o índice da capital mineira é de 82,9%, registrando 6.700 ocorrências de crimes violentos.