Igarapé: assassino do caso Leticia é condenado a 33 anos de prisão

0
4569

Na manhã desta quarta-feira (7/12), aconteceu o júri do caso Leticia, adolescente de 13 anos que foi encontrada morta em um lote vago no bairro Progresso, em Igarapé, em abril desse ano.

Segundo a Procuradora do Estado, Jerusa Drummond, que acompanhou o julgamento diretamente da Câmara Municipal de Igarapé, durante o júri, o autor do crime confessou tranquilamente o abuso sexual seguido de homicídio.

O Júri condenou o criminoso por 33 anos e nove meses de prisão.

Relembre o caso

O corpo da adolescente de 13 anos foi encontrado no dia 8/04/22, em um lote vago do bairro Progresso, na cidade de Igarapé. A vítima estava com um carregador de celular ao redor do pescoço.

De acordo com o boletim de ocorrência da Polícia Militar, a menina estava trajando apenas uma blusa de frio, com terra no rosto e um short preto debaixo do corpo.

Segundo a perícia da Polícia Civil foi constatada uma lesão na orelha direita e sangramento entre as pernas dela.