Cultura do Congado é celebrada em Igarapé

0
65
Foto: Secom/Igarapé

Guardas de congado de cidades mineiras se encontraram em Igarapé, no último dia 12, durante os festejos de Santo Antônio, organizados pela Guarda de Dona Carmem, no bairro Novo Igarapé. A tradição centenária louva Nossa Senhora do Rosário, São Benedito e Santa Efigênia, entre outros santos, lembrando a proteção que esses santos deram aos escravos negros.

Estiveram presentes as guardas de Ouro Preto, Santa Luzia, Divinópolis, Itatiaiuçu, Coronel Fabriciano, Timóteo, Piedade dos Gerais, Igaratinga, e São Gonçalo do Pará. A festa teve o apoio da Prefeitura de Igarapé, por meio da Secretaria de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo.

As guardas apresentaram seus ritos, tocaram, dançaram e fizeram evoluções ao redor dos mastros das bandeiras dos santos. Após o almoço, foi feito o ritual de agradecimento pelo alimento.

A celebração também foi marcada por procissão dos congadeiros pelas ruas do centro. A guarda de Ouro Preto, seguida pelas guardas de Igarapé, foi até a porta da Igreja Matriz de Santo Antônio, na Praça Miguel Henriques, onde cantaram o lamento, narrando o tempo em que os negros eram proibidos de entrar nas igrejas dos brancos.

Para a felicidade dos presentes, a porta da Matriz de Santo Antônio foi aberta para os congadeiros expressarem sua fé e devoção. A festa foi encerrada com muita emoção e alegria dos participantes.  

Tradição

Congado é uma expressão cultural e religiosa que envolve o canto, dança, encenações e espiritualidade cristã e de matriz africana.