Homem tranca UPA com cadeado em Mário Campos

A decisão foi tomada após ele ser informado que não havia médicos na unidade.

0
218

Em Mário Campos, um homem de 36 anos resolveu trancar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com cadeado e corrente. A decisão foi tomada após ele ser informado que não havia médicos na unidade.

Em um vídeo publicado nas redes sociais, o homem conta que buscava atendimento para a mãe de 73 anos, quando soube que não havia médicos.

Segundo a Polícia Militar, o homem se revoltou após ser informado que teria de procurar atendimento na UPA de Brumadinho, cidade vizinha, pois naquele momento, mesmo após a paciente já ter passado pela triagem, foi informado que não haveria médicos disponíveis em Mário Campos.

Insatisfeito com a situação, em especial com a falta de médicos, ele resolveu lacrar a entrada principal da UPA, impedindo assim a entrada e saída de funcionários e pacientes.