sexta-feira, outubro 22, 2021
InícioDestaquesEm busca da 3° vitória consecutiva, Cruzeiro enfrenta o Botafogo

Em busca da 3° vitória consecutiva, Cruzeiro enfrenta o Botafogo

Pela primeira vez neste ano, a equipe celeste tenta emplacar três vitórias consecutivas no campeonato. A única vez que isso aconteceu foi no início da série B do ano passando (2020) quando o Cruzeiro iniciou o campeonato com -6 pontos e venceu as três primeiras rodada.

Após vencer o último colocado Brasil de Pelotas dentro de casa por 2×0 e em seguida ir até o Couto Pereira e derrotar o líder Coritiba por 3×0, a Raposa entra em campo logo mais e enfrenta o vice-líder às 21h30 no Independência. No primeiro turno, houve empate de seis gols, em duelo no Engenhão. A partida foi eletrizante e decidida no último minuto com gol de pênalti do atacante Chay fazendo o seu hat-trick na partida.

A partida é válida pela trigésima rodada da competição. Atualmente a Raposa se encontra na 12º colocação com 38 pontos, dez pontos de diferença para o primeiro colocado do G-4. Já o Botafogo, aproveitou o tropeço do Avai na última terça-feira,05, que empatou dentro de casa contra a Ponte Preta por 1×1. O Fogão venceu o CRB dentro de casa por 2×0 e assumiu a vice-liderança do campeonato com 51 pontos,três abaixo do líder Coritiba e apenas um ponto acima do terceiro colocado Avai.

REFORÇOS E DESFALQUES:

CRUZEIRO

Após vencer dois jogos consecutivos sem sofrer gols, a equipe celeste terá um desfalque importantíssimo na zaga. No último jogo contra o Coritiba,aos 20 minutos do segundo tempo após a bola bater na mão do zagueiro Ramon o árbitro Marielson Alves Silva assinalou pênalti para a equipe do Coxa-branca.No lance o zagueiro do Cruzeiro que estava pendurado levou o terceiro cartão amarelo e vai automaticamente cumprir suspensão contra o Botafogo no próximo jogo.


Com a suspensão do Ramon, Vanderlei poderá colocar o zagueiro Léo Santos, que entrou no decorrer do jogo contra o Coxa, ou então se preferir pode escolher o experiente Rhodolfo. O volante Ariel Cabral é a outra baixa, o jogador também tomou seu terceiro cartão amarelo e está suspenso. Os outros desfalques são o meia Marcinho (segue em tratamento com incômodo no pé direito) e o atacante Weligton Nem (recondicionamento físico )continuam de fora e nem se quer foram relacionados para o jogo. O volante Flávio também segue no departamento médico em tratamento na coxa direita.

NOVIDADE

A novidade fica por conta do atacante Bruno José que saiu no final do primeiro tempo contra o Coritiba reclamando de dores no tornozelo direito. O atacante está na lista de relacionados e fica à disposição do técnico Vanderlei Luxemburgo.

BOTAFOGO

A novidade fica por conta do goleiro Diego Loureiro, que foi desfalque na última partida após ser liberado pela diretoria para acompanhar o nascimento de sua filha. Outra novidade é os laterais Daniel Borges e Carlinhos voltam a ser relacionados e ficam à disposição do técnico Enderson Moreira.O desfalque fica por conta da principal contratação o lateral direito Rafael que está voltando de uma lesão de grau leve no joelho direito. Apesar do jogador ter condições de jogo, o Botafogo vai priorizar para usa-lo em jogos como mandante.

FATO CURIOSO

A situação que chamou a atenção antes da bola rolar foi a preocupação da diretoria do Botafogo em relação ao trio de arbitragem que está escalado para comandar a partida às 21h30. Em seu Instagram o presidente Durcesio Mello postou sua indignação com o fato do árbitro e seus auxiliares serem de Alagoas. Tudo isso, por que atualmente o CRB se encontra na quinta colocação com 48 pontos e o CSA é o sexto com 45, ambos são concorrentes diretos pelo acesso à série A.

“Toda atenção com a escala de arbitragem para o jogo de terça. Cobramos explicações à CBF sobre a escalação de um trio alagoano. Esses critérios de escala precisam ser reavaliados nessa reta final para que se evitem certas interpretações que não são boas para a competição”, escreveu o Presidente.

Arbitragem:
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brígida Cirilo Ferreira (FIFA/AL)
VAR: José Cláudio Rocha Filho (FIFA/VAR-SP)

POSSÍVEL ESCALAÇÃO:
CRUZEIRO:

Fábio; Rômulo, Léo Santos (Rhodolfo), Eduardo Brock e Matheus Pereira; Adriano, Lucas Ventura e Giovanni; Vitor Leque, Bruno José (Felipe Augusto) e Thiago. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

BOTAFOGO:


Diego Loureiro, Daniel Borges, Joel Carli, Kanu e Carlinhos; Barreto, Luís Oyama e Chay; Marco Antônio, Warley e Navarro.
Técnico: Enderson Moreira.

Artigos Relacionados
Publicidade

Mais Recentes