Igarapé e São Joaquim de Bicas estudam possibilidade de passaporte da vacina contra covid

0
313
Foto: Fhemig

Cidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte estudam a possibilidade de exigir o cartão de vacina, com comprovação da imunização contra covid-19, para entrada em espaços coletivos. Igarapé e São Joaquim de Bicas responderam ao G1 que também discutem a ideia.

Em Betim, cidade vizinha, a regra já é vigente e beneficia donos de bares, que poderão funcionar com capacidade total caso adotem a cobrança do passaporte comprovando pelo menos a primeira dose.

A Prefeitura de Igarapé informou que a iniciativa que deve tomar é “próxima a que a cidade vizinha, Betim, adotou”, mas sem previsão para entrar em vigência.

Já São Joaquim de Bicas, que tem 99,5% da população imunizada com pelo menos uma dose, disse que também estuda a apresentação da comprovação da vacinação.

Outros municípios, como Brumadinho e Juatuba também discutem sobre o assunto.