sexta-feira, outubro 22, 2021
InícioDestaquesGoverno investiga caso suspeito de 'vaca louca ' em frigorífico de BH;...

Governo investiga caso suspeito de ‘vaca louca ‘ em frigorífico de BH; veja os sintomas da doença

Minas Gerais monitora a suspeita de um caso de vaca louca em um frigorífico de Belo Horizonte. O Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento está ciente do caso e e medidas sanitárias já foram adotadas. O resultado de uma biópsia é aguardado.

Em entrevista à rádio Itatiaia o governador Romeu Zema admitiu grande preocupação. Ele ressaltou que todo o Brasil depende de exportação de proteína animal e o suposto caso pode prejudicar muito os negócios.

“Fui notificado ontem (1º) que o Ministério da Agricultura encontrou um caso que está sendo apurado. Ainda não está 100% comprovado que se trata da doença [vaca louca] ou alguma outra semelhante. Os exames estão sendo feitos. Assim que foi detectado, as medidas sanitárias foram imediatamente tomadas para evitar risco de contaminação”, afirmou.

A doença 

A Encefalopatia Espongiforme Bovina, mais conhecida como Doença ou Mal da Vaca Louca, afeta o sistema nervoso dos bovinos, fazendo com que fiquem com o comportamento alterado. Daí o nome “Vaca Louca”.

É uma doença muito grave, não tem cura, é mortal e provoca grandes prejuízos para os produtores. A Doença da Vaca Louca pode ser transmitida ao homem.

Transmissão

NOS ANIMAIS:

– Ocorre pela ingestão de farinhas de carne e ossos, tecidos nervosos, cama-de-aviário, dejetos de suínos ou qualquer outro tipo de alimento que contenha em sua composição proteínas de origem animal.

NO HOMEM:

– Ingestão de carne contaminada;

– Através da transfusão de sangue e seus derivados, provenientes de seres humanos contaminados.

Sinais e sintomas no animal

– mudança de comportamento: isolamento, medo e agressividade;

– tremores musculares;

– dificuldade para andar;

– morte do animal em 100% dos casos.

Prejuízos

– morte dos animais;

– risco de transmissão ao homem;

– suspensão das exportações de carne do Brasil.

Artigos Relacionados
Publicidade

Mais Recentes