Ministério Público pede novas eleições em Esmeraldas

0
72
Prefeito e vice são acusados de usar recursos da Câmara Municipal na campanha eleitoral. Foto: Google Maps

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) solicitou à Justiça novas eleições municipais em Esmeraldas. Além disso, o órgão pediu a inelegibilidade do atual prefeito, Marcelo Nonato (Solidariedade), e do vice-prefeito, Rodrigo Sampaio (Republicanos).

Os candidatos que perderam as eleições no ano passado, Elias Miranda Junior e Francisco Marinho dos Santos Neto, entrarem com uma ação de impugnação de mandado eletivo. Eles alegaram que os eleitos utilizaram recursos da Câmara Municipal de Esmeraldas em benefício próprio e da campanha eleitoral.

Segundo o processo, uma advogada e servidora da Câmara Municipal usava os computadores, a internet, a energia elétrica e o prédio do Procon de Esmeraldas em processos de interesse dos candidatos eleitos.

O MPMG também solicitou, em seu parecer final, a cassação dos registros de candidatura ou diplomas dos candidatos e a aplicação de multa.

*Informações G1