Municípios suspendem vacinação contra covid-19 em grávidas

0
90
Imunização acontece na Policlínica. Não é necessário agendamento.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) recomendou, na noite dessa segunda-feira (10), a suspensão imediata do uso do imunizante da Astrazeneca em grávidas. A Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais diz aguardar um posicionamento e orientações do Ministério da Saúde para definição de medidas a serem tomadas.

Em Betim, 205 gestantes com foram imunizadas com a vacina Astrazeneca, única opção de imunizante que o município tem disponível atualmente. Não houve mudança para grávidas em Belo Horizonte, que são vacinadas com o imunizante da Pfizer.

Diversos municípios mineiros, como Betim, Ribeirão das Neves, Divinópolis, Juiz de Fora, Muriaé e Uberlândia suspenderam a vacinação. Prefeitos aguardam um posicionamento oficial do Ministério da Saúde.