830 município mineiros aguardam CoronaVac para aplicação de segunda dose

0
101
Perda de doses da vacina contra covid-19 em Igarapé está sob investigação. Foto: divulgação/Google
Falta de doses causa atraso na aplicação da segunda dose.

Em Minas Gerais, 830 das 853 cidades estão em atraso na aplicação da segunda dose da CoronaVac. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), para completar o esquema vacinal no estado serão necessárias 371.898 doses a mais.

A SES informou que um ofício será enviado ao Programa Nacional de Imunização, para que o Ministério da Saúde recomponha a quantidade necessária para completar o esquema de imunização.

O Ministério da Saúde orientou, ainda no mês de março, que as prefeituras usassem todo o estoque de vacinas, sem reservar para a segunda aplicação. Porém, dias depois mudou a orientação, pedindo que as vacinas voltassem a ser estocadas, mas muitas cidades em todo o país já haviam deixado de guardar os imunizantes.

Produção de novas doses

O Instituto Butantan, fabricante da vacina desenvolvida na China, afirmou que já cumpriu o primeiro contrato com o governo federal, entregando 46 milhões de doses. Na quarta-feira (5), a instituição enviou a primeira remessa do segundo contrato com 1 milhão das 54 milhões de doses que devem ser entregues até agosto. Outras 3 milhões devem ser enviadas ao ministério na próxima semana.