Animais de estimação transmitem covid-19 para humanos?

0
65
Em período pandêmico, é necessário evitar contato com os animais, caso tenha sintoma gripal.

Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES) – MG, os bichos não são considerados fonte significativa de transmissão da covid-19. Porém, o contágio de uma pessoa contaminada para o animal pode acontecer.

Não há estudos ou casos que mostrem a permanência do vírus na pele e pelos de cães ou gatos. Estudos do Centro de Regulação Genômica (CRG) de Barcelona dizem que Cães, gatos e furões são os mais suscetíveis à infecção.

Como cuidar do meu animal durante a pandemia?

A SES-MG aconselha deixar o animal de estimação dentro de casa o máximo possível. Em caso de passeios, a regra é a mesma que para os humanos: mantenha o animal a pelo menos dois metros de outras pessoas e evite lugares com aglomeração. Nunca cubra o focinho com máscaras ou outros equipamento de proteção.

E se o dono estiver doente?

Se o tutor estiver doente, a recomendação é que não haja contato com o animal. O ideal é deixar o bicho de estimação em outro local, sem compartilhar alimento, beijar ou dormir na mesma cama.