sexta-feira, outubro 22, 2021
InícioDestaquesDecreto impõe novas medidas restritivas e proíbe o funcionamento de supermercados aos...

Decreto impõe novas medidas restritivas e proíbe o funcionamento de supermercados aos fins de semana em Igarapé

Após reunião do Comitê Municipal de Enfrentamento à Covid-19, a Prefeitura de Igarapé emitiu o Decreto n° 2.509/21, nesta quinta-feira (18), com medidas ainda mais restritivas com relação ao funcionamento dos estabelecimentos comerciais e templos religiosos no município.

Conforme o documento, todos os estabelecimentos comerciais, incluindo os supermercados, terão o horário de funcionamento limitado até as 20h, de segundas-feiras as sextas-feiras. Permanecem autorizados os serviços de entrega (delivery) e de drive-thru, com a obrigação de obedecerem aos protocolos de higiene e controle.

Ainda de acordo com o decreto, os templos religiosos, de quaisquer cultos, poderão permanecer abertos diariamente das 5h às 20h, para visitação e atendimento individual aos fiéis, não sendo permitida reunião com mais de duas pessoas e desde que respeitadas as regras de biossegurança.  Desta forma, estão suspensas as manifestações e cultos coletivos.

Aos finais de semana, poderão funcionar somente os  postos de gasolina; farmácia com balcão de atendimento na porta; serviços de saúde emergenciais; serviços veterinários emergenciais; serviços de atendimento e atuação em emergências ambientais; transporte e entrega de carga; transporte coletivo, táxi e por aplicativo.

O documento segue a orientação do Programa Minas Consciente do Governo do Estado que colocou todos os municípios mineiros na “onda roxa”, devido ao avanço da pandemia que está provocando colapso na rede de saúde, onde já começam a faltar leitos para os doentes. As novas medidas já estão valendo e vão vigorar pelos próximos 15 dias.

Dados

De acordo com informações da Secretaria Municipal de Saúde, a taxa de ocupação dos leitos destinados ao atendimento de casos de covid-19 está em 93%. O município registrou até hoje 1.588 casos confirmados de covid-19, com 31 óbitos.

CLIQUE E LEIA O DECRETO

Artigos Relacionados
Publicidade

Mais Recentes