São Joaquim de Bicas: manifestantes fecham estrada contra a Vale

0
107
Foto: Cintia Amorim / Arquivo Pessoal
Foto: Cintia Amorim / Arquivo Pessoal

Na manhã desta segunda-feira (19), manifestantes fecharam a estrada do bairro Tupanuara, em São Joaquim de Bicas. Os moradores pedem a ampliação do número de parcelas do auxílio emergencial pagas pela Vale. Segundo os manifestantes, algumas pessoas já até tiveram o pagamento suspenso.

O pagamento emergencial de até um salário mínimo passou a ser concedido pela Vale após acordo judicial homologado em fevereiro de 2019, e com base no Termo de Acordo Preliminar (TAP), firmado com os órgãos de Justiça competentes, prorrogado até outubro de 2020 – último mês de pagamento.

O benefício é pago às famílias que moram até um quilômetro das margens do Rio Paraopeba, que foram afetadas pelo rompimento da barragem de Brumadinho e têm direito ao recebimento de um auxílio emergencial.