Homem é condenado por matar ex-namorada e o filho dela em Igarapé

0
156
Homem agiu de forma premeditada e tentou colocar a culpa em outra pessoa.

Um homem foi condenado a 33 anos de prisão por matar a ex-namorada e o filho dela, de 2 anos. O crime aconteceu em janeiro de 2019, em Igarapé, e a condenação foi divulgada na última quinta-feira (8), pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

De acordo com a denúncia, o motivo seria ciúme. Após cometer o crime no bairro Itatiaiuçu, o homem, que tem 30 anos, escondeu os corpos e tentou destruir provas.

Ele foi julgado pelos crimes de feminicídio, homicídio, ocultação de cadáver e fraude processual qualificada. O homem, que está preso desde julho de 2019, não poderá recorrer em liberdade. A pena, em regime fechado, foi dada pelo juiz Valter Guilherme Alves Costa, da Vara Criminal e de Precatórias Criminais. Ainda cabe recurso.

Na sentença, o juiz destacou que a conduta do réu foi “altamente reprovável, porque ele agiu de forma premeditada, tentando colocar a culpa em outra pessoa. Além disso, após o crime, ele adotou comportamento dissimulado, inclusive perante a família da vítima, dificultando ao máximo a elucidação dos fatos”.

Fonte: G1