Em Rio Manso, escola pública é destaque e conquista prêmio de nível estadual

0
380
Com o prêmio, escola realizará reformas estruturais. Foto: Secretaria de Educação

A Escola Municipal Benfica Batista de Sousa, localizada em Rio Manso, participou do projeto “Corrida do Saber”, que garante premiação, em dinheiro, para as instituições com melhor colocação de desempenho e evolução. Nesta primeira edição, o programa contou com a participação de 132 escolas municipais, estaduais e colégios Tiradentes espalhados por 21 municípios mineiros.

A E. M. Benfica Batista de Sousa venceu na categoria Melhor Desempenho, com valor de Índice de Desempenho Escolar de aproximadamente 7.7, em 2019, em uma escala de 0 a 10. As avaliações, nas disciplinas de português e matemática, foram feitas pelos alunos do 5º ano do ensino fundamental. Os índices das escolas selecionadas apresentaram evoluções de 3% a 217%.

A secretária de Educação de Rio Manso, Patrícia Regiana da Silva Rodrigues, explicou que o trabalho em equipe da escola foi decisivo para os bons resultados. “Incluir os alunos e pais responsáveis em conjunto com os professores no trabalho diário da escola foi extremamente relevante para o alcance deste resultado. É importante quebrar o distanciamento do professor e passar a dividir as tarefas, a fim de criar um espaço prazeroso e alegre, que possa render bons frutos”, destacou a educadora.

No total, a Corrida do Saber direcionou R$ 3 milhões para a premiação de 37 escolas. “Já recebemos a verba e iremos realizar algumas obras de reforma na escola, como pintura da quadra poliesportiva, reforma de salas e banheiros, entre outras. O recurso veio em um bom momento, pois será de grande ajuda para manutenção e melhoria das atividades diárias na escola”, comenta a secretária de Educação, fazendo também um agradecimento à deputada estadual Laura Serrano, responsável e criadora do projeto Corrida do Saber.   

 “O estímulo à competição saudável na rede pública de ensino incentiva a disseminação de boas práticas e se reflete no desempenho dos alunos, melhorando a qualidade da educação básica como um todo”, comentou a deputada Laura Serrano.