Segunda, 20/01/2020

Gerais

Coronel torturado em Igarapé perdeu um olho e cabo está internada em estado grave

A Polícia Militar de Minas Gerais atualizou na tarde desta terça-feira (7) o estado de saúde dos dois policiais que foram torturados e sofreram uma tentativa de homicídio em Igarapé. O coronel, de 50 anos, perdeu o olho esquerdo e a cabo, de 34 anos, tem um quadro que inspira atenção. 

Segundo a polícia, o coronel retomou a consciência e saiu do respirador mecânico nesta terça pela manhã. Entre esta quarta (8) e quinta (9), ele fará uma nova cirurgia para reconstrução óssea do palato- divisão óssea e muscular entre as cavidades oral e nasal- e da mandíbula direita.

Já a cabo tem um quadro que pede atenção. Ela passou por cirurgia e dentro da normalidade do esperado das 48h pós-cirurgia, matem estável a pressão intracraniana. Há previsão para esta quarta-feira(8) de nova tomografia para avaliação geral.

As vítimas estão no  Hospital de Pronto Socorro João XXIII, na região Centro-Sul de Belo Horizonte. O coronel foi atingido por um tiro no olho, já a cabo por um tiro na cabeça e outro nas costas. 

Deixe um comentário

RUA MIGUEL HENRIQUES DA SILVA, Nº4, CENTRO, IGARAPÉ-MG


CONTATO: (31) 9 9858-1002