MST ocupa fazenda em São Joaquim de Bicas

0
191

Segundo movimento, área improdutiva pertence ao grupo MMX. Empresa nega ser proprietária

Uma fazenda em São Joaquim de Bicas ocupada pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) nesta quinta-feira (05/07).

Segundo o movimento, a área improdutiva pertence ao grupo MMX, criado pelo empresário Eike Batista, e foi ocupada por cerca de 400 famílias.

As mesmas famílias estiveram em uma área em Igarapé na terça-feira (03/07). Conforme o MST, elas se retiraram após ação truculenta da Polícia Militar (PM). A corporação negou que houve truculência. De acordo com a PM, a saída foi determinada dentro da legalidade, durante a tentativa de invasão da área, quando ainda não havia assentamento consolidado.

Os sem-terra dizem que a ocupação marca os 30 anos de atuação do MST em Minas Gerais.

No ano passado, duas fazendas da MMX foram ocupadas. Uma delas também fica em São Joaquim de Bicas, e a outra, em Itatiaiuçu.