Domingo, 05/04/2020

Gerais

Lar Vicentino de Igarapé volta a receber repasse da Prefeitura

Valor do repasse da prefeitura deverá ser de R$ 120 mil

 

A Prefeitura de Igarapé firmou convênio com o Lar Vicentino Confrade Antônio Onízio de Igarapé para fazer o repasse mensal de verba à entidade. Após um longo impasse, o convênio foi assinado e a entidade deve passar a receber R$ 120 mil do governo municipal.

A decisão foi publicada na manhã desta terça-feira (03/06), no Diário Oficial do Município. Além do repasse, a prefeitura irá ceder cinco colaboradores para auxiliar nos serviços da instituição.  De acordo com a publicação, o termo é válido até o dia 12 de dezembro de 2018.

O Lar Vicentino Confrade Antônio Onízio de Igarapé, é uma Instituição de Longa Permanência para Idoso (ILPI). O local recebe idosos do município que por algum motivo necessitam de cuidados médicos, psicológicos e assistência básica, como alimentação, banho, remédios e a própria estadia.

Entenda o motivo do impasse

 Em 2018, a direção da entidade informou que estava com dificuldades para pagar as contas. Isso ocorria porque o local não estava recebendo o repasse financeiro da Prefeitura de Igarapé, e o motivo é a falta de acordo entre a coordenação do lar e a atual gestão.

Em março deste ano, o presidente do Lar Vicentino, Luiz Gustavo de Castro explicou o motivo do impasse. Segundo ele, a instituição possuía um gasto mensal de R$ 45.462,00, e, para que seja realizado o repasse era preciso que sejam assinados os termos da parceria. “Não assinarei, pois o valor é insuficiente para custear as despesas necessárias que a casa demanda”, disse o presidente Luiz Gustavo de Castro.

A Prefeitura de Igarapé informou, na época, que a proposta de repasse é realizada anualmente. “Em 2017, foi oferecida contribuição de R$85,6 mil, valor que foi recusado pelo Lar Vicentinho. Em 2018, visando evitar qualquer tipo de empasse, a prefeitura ofereceu um aumento de 40% no valor do repasse, aumento maior que o comumente realizado anualmente, e maior que o oferecido para as outras instituições. Ainda assim, até a presente data, o Lar Vicentino não aceitou a proposta de R$120 mil, sendo que ela ainda encontra-se em aberto para assinatura”.

Ainda de acordo com a prefeitura, a pretensão da entidade era receber um aumento de, aproximadamente, 686%, chegando a mais de R$672,9 mil – ao ano -, o que se torna inviável, uma vez que se é realizado o repasse financeiro a outras 14 instituições de cunho social no município. A prefeitura também destacou que nunca deixou de contribuir com o Lar Vicentino. “No momento, são cedidos cinco servidores, sem nenhum ônus à instituição, entre eles, um médico e uma enfermeira”.

Deixe um comentário

RUA MIGUEL HENRIQUES DA SILVA, Nº4, CENTRO, IGARAPÉ-MG


CONTATO: (31) 9 9858-1002