Segunda, 28/09/2020

Gerais

Município receberá R$ 800 mil para investir no projeto Recicla Mais Igarapé

Após ser o único selecionado do estado, projeto trará benefícios para a população e para todo o meio ambiente

A Secretaria de Meio Ambiente de Igarapé foi selecionada, em oitavo lugar, pelo Fundo Nacional do Meio Ambiente e o Fundo Socioambiental Caixa, que são os responsáveis por financiar projetos de reciclagem e fração orgânica de resíduos sólidos em municípios por todo o país. Com está seleção, Igarapé terá mais de R$ 800 mil para desenvolver o Recicla Mais Igarapé.

A previsão é de que o projeto seja iniciado em março deste ano. O valor de R$ 837 mil será destinado a várias ações, contribuindo com a economia aos cofres públicos. De acordo com o Secretário de Meio Ambiente, Isaias de Barros Abreu, o Recicla Mais Igarapé é um projeto amplo, e o trabalho buscará a consolidação de boas práticas de reciclagem e outros.

No projeto está previsto aquisição de caminhões, motopodadores, triturador de poda, realização de oficinas de compostagem, oficinas de reaproveitamento de alimentos, educação e mobilização social em todas as residências do município, dentre outros. “Desta forma, aprimorando e ampliando a coleta seletiva, realizando compostagem de podas  e materiais orgânicos, reaproveitando alimentos e promovendo educação ambiental nas escolas, CRAS e residências diminuiremos o volume de resíduos destinados ao aterro sanitário, ou seja adquirindo equipamentos próprios, diminuindo o volume de resíduos destinados ao aterro significa economia aos cofres públicos e uma população mais consciente em relação à sua responsabilidade socioambiental e com maior qualidade de vida”, explicou o secretário.

Colocando em prática

Atualmente, em Igarapé, a coleta é realizada em duas frações: recicláveis secos e rejeitos. A proposta é ampliar a segregação para mais uma fração, os orgânicos, por meio da compostagem. O produto gerado a partir desse processo de degradação recebe o nome de composto orgânico, que é um material estável, rico em substâncias húmicas e nutrientes minerais, que pode ser utilizado em hortas, jardins e para fins agrícolas, como adubo orgânico, devolvendo à terra os nutrientes de que necessita, e evitando o uso de fertilizantes sintéticos.

A população receberá treinamento para aprender a realizar a compostagem na sua casa, podendo comercializar o material, ou utilizar no próprio jardim ou horta. A estimativa é que 13 toneladas por mês de resíduos sejam reaproveitadas por meio dessa prática.  Os resíduos de podas realizadas pela Secretaria de Meio Ambiente, cerca de 19,84m3 por mês, passarão pelo processo e serão utilizados em praças e jardins públicos, além de ser distribuídos a produtores rurais do município.

Com a fração dos resíduos sólidos, será possível obter matéria prima de qualidade para a reciclagem, tanto de resíduos secos, ampliando a atuação da Associação de Parceiros do Meio Ambiente (Apaig), quanto de resíduos orgânicos, diminuindo a quantidade descartada e fomentando a compostagem.

 

Deixe um comentário

RUA MIGUEL HENRIQUES DA SILVA, Nº4, CENTRO, IGARAPÉ-MG


CONTATO: (31) 9 9858-1002

error: Conteúdo protegido contra plágio!